Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


infra-estrutura:gpon:onu_ld1102w_configuracao_modo_router_com_tag_e_internet

ONU Furukawa - Configuração modo router com dois circuito, um para internet sem tag e outro para interligação com tag no equipamento do cliente - LightDrive1102W

Topologia proposta

Nos iremos montar a seguinte topologia para ilustrar o ambiente. Iremos montar um ambiente ponto-a-ponto interligação e um circuito de acesso a internet em uma mesma ONU.

Teremos dois circuitos então em uma ONU iremos colocar cada circuito em uma porta. Cada circuito corresponde a uma VEIP e iremos definir qual porta utilizar. Na porta com o VEIP de internet tera apenas a vlan de internet que no exemplo é o id 12, a porta que sera utilizada é a porta ge1, e a interligação utilizara a porta ge2 com QinQ, ou seja teremos o SVID(service provider Indetification) como 10 é os CVID's(Client ou customer Vlan Indentification) como 10, 20 e 30.

ONU - Configuração modo Bridge - L2

Antes de utilizar o modo bridge vamos entender o que é QinQ(vlan sob vlan). Abaixo segue uma imagem de um quadro ethernet e como os tags de vlan funcionam. Note que temos um quadro normal sem nenhuma tag de vlan e ainda temos o ethertype 0x8000. Com a adição de apenas um tag o quadro aumentou de tamanho e o valor do ethertype mudou para 0x8100 que indica que este quadro carrega um payload dot1Q, ou seja, informações de vlan. Agora temos uma dúvida que até pouco tempo era minha dúvida a RFC pede para utilizarmos o ethertype de QinQ como 0x8a88, para quadros que tem vlans no payload, mas por experiência ja trabalhei com Cisco e Furukawa que não seguem esse ethertype o primeiro tag com ethertype 0x8100 eles entendem como CVID e o outro tag com ethertype 0x8100 como CVID, e o que iremos adotar aqui.Existe ainda alguns outros ethertype para tratamento desse tipo de double taggind 0x88a8, 0x9100 mas deixaremos para um futuro próximo.

O pacote normal sem tag de vlan e definido abaixo.

Com tag o pacote e definido como:

A tecnologia QinQ e inserir um tag a mais no pacote esse TAG serve para definir o tag da operadora e com isso podemos ter clientes com a mesma tag. O formato do pacote com QinQ.

Na imagem o “Customer Vlan TAG” seria a vlan do cliente, o “service vlan tag” ou “Outer vlan tag” é a vlan da operadora, utilizada para definir uma vlan para cada cliente e com isso nao conflitando com uma vlan de cliente, fazer um overlapping.

Acesso a ONU

A ONU quando retirada da caixa ela vem em modo router. Para acesso a ONU e feito via navegador de internet. E necessário somente informar o endereço IP.

Versão do firmware(Software Version): 4.7.1-GD L3
Porta TCP:8080

Exemplo: http://172.16.50.21:8080/

Configurando interface Bridge

Após clicar em advanced setup.

Depois em Wan Service.

Remova a configuração atual de Wan Service, selecionando a opção Remove e depois clicando no botão Remove.

Agora adicione uma nova interface Wan Service, clicando em Add.

Utilize a interface de camada 2(Layer2 Interface), já disponível.

Abaixo deixe a configuração conforme abaixo:

Select WAN service type: Bridging
Enter Service Description: br_veip0
Enter 802.1P Priority[0-7]: -1
Enter 802.1Q VLAN ID[0-4096]: -1
Select VLAN TPID: 0x8100
Commited Rate(1-1000000 kbps] (-1 disabled): -1 (deixei desativado mas pode deixar conforme a necessidade de velocidade)

Ai e necessário somente salvar clicando no botão Apply/Save.

Após isso precisamos associar a porta ao VEIP onde temos a configuração em modo bridge.

No exemplo associamos a porta GE4.0 a VEIP respectiva a bridge.

Essa configuração deve ser realizada na ONU que ira conter o link de internet e na ONU que fará a interligação. Para o circuito de acesso a internet iremos falar no próximo passo.

ONU - Configuração modo Router - L3

Para o circuito de internet iremos utilizar os seguintes dados de endereçamento.

Endereço IP: 200.1.1.2
Máscara de rede: 255.255.255.0
Gateway: 200.1.1.1
DNS: 8.8.8.8

Iremos acessar a ONU e criar a VEIP para internet.

Entre na interface da ONU e clicar em advanced setup.

Depois em Wan Service.

Agora adicione uma nova interface Wan Service, clicando em Add.

Utilize a interface de camada 2(Layer2 Interface), já disponível.

Abaixo deixe a configuração conforme abaixo:

Select WAN service type: IP Over Ethernet
Enter Service Description: br_veip0
Enter 802.1P Priority[0-7]: 0
Enter 802.1Q VLAN ID[0-4096]: 12
Select VLAN TPID: 0x8100
Commited Rate(1-1000000 kbps] (-1 disabled):-1(deixei desativado mas pode deixar conforme a necessidade de velocidade)

Depois vamos definir o endereço IP para VEIP

Vamos definir DNS

Vamos definir o NAT

Selecione qual interface sera utilizado como gateway.

Ai e necessário somente salvar clicando no botão Apply/Save.

Após isso precisamos associar a porta ao VEIP onde temos a configuração em modo router com internet. Como fizemos na primeira VEIP não é necessário definir o Interface Grouping a primeira VEIP ja vem definida para todas as interfaces, caso fosse outro VEIP seria necessário definir o Interface Grouping para respectiva VEIP

No exemplo associamos a porta GE1.0 a VEIP respectiva a internet.

Essa configuração deve ser realizada na ONU que ira conter o link de internet.

Testes de operação

Agora e necessário conectar o notebook na porta de internet selecionada e também na porta de interligação, definir as vlans no outro notebook logo em seguida definir um endereço IP desta mesma vlan.

Depois realizar testes de conectividade para a seguinte topologia, tanto para internet como interligação.

Utilizei o seguinte script para criação das VLAN's.

#!/bin/bash
 
INTERFACE="eth0"
VLANS="10 20 30"
VCONFIG=$(which vconfig)
IFCONFIG=$(which ifconfig)
 
case $1 in
 start)
  for i in ${VLANS}
  do
   ${IFCONFIG} ${INTERFACE} up
   ${VCONFIG} add ${INTERFACE} ${i}
   ${IFCONFIG} ${INTERFACE}.${i} up
   ${IFCONFIG} ${INTERFACE}:${i} 192.168.${i}.1/24
  done
 ;;
 stop)
  for i in ${VLANS}
  do
   ${IFCONFIG} ${INTERFACE}.${i} down   
   ${VCONFIG} rem ${INTERFACE}.${i}
  done
 ;;
 *)
  echo -e "Uso: $0 {start}{stop}"
 ;;
esac

Definir a mesma configuração no outro notebook na ONU de interligação e definir um endereçamento na mesma rede mas distinto.

Discussão

Insira seu comentário. Sintaxe wiki é permitida:
 
infra-estrutura/gpon/onu_ld1102w_configuracao_modo_router_com_tag_e_internet.txt · Última modificação: 2018/07/19 14:15 por ricardobarbosams