Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


infra-estrutura:linux:gerenciamento_pacotes_dpkg

Diferenças

Aqui você vê as diferenças entre duas revisões dessa página.

Link para esta página de comparações

Ambos lados da revisão anterior Revisão anterior
infra-estrutura:linux:gerenciamento_pacotes_dpkg [2019/04/16 22:10]
ricardobarbosams
infra-estrutura:linux:gerenciamento_pacotes_dpkg [2019/04/16 22:13] (atual)
ricardobarbosams
Linha 119: Linha 119:
 <​code>​ <​code>​
 dpkg --remove-architecture armhf dpkg --remove-architecture armhf
 +</​code>​
 +
 +===== Instalando pacotes deb de arquiteturas extrangeiras =====
 +
 +suporte APT multi-arqu
 +APT irá detectar automaticamente quando dpkg foi configurado para suportar arquiteturas estrangeiras e vai começar a fazer o download dos pacotes correspondentes durante seu processo de atualização.
 +Pacotes estranhos podem em seguida ser instalados com apt install pacote:​arquitetura. ​
 +
 +Usando binários de propriedade do i386 no amd64
 +Existem vários casos de uso para multi-arqu, mas o mais popular é a possibilidade de executar binários 32 bits (i386) em sistemas de 64 bits (AMD64), em particular, uma vez que vários aplicativos populares proprietários (como o Skype) são fornecidos apenas em versões 32 bit. 
 +
 +
 +
 +===== Comparação de versões de pacote deb =====
 +
 + Como o dpkg é o programa para manipular pacotes Debian, ele também é a implementação de referência da lógica de comparar números de versão. É por isto que ele tem uma opção --compare-versions,​ usada por programas externos (principalmente scripts de configuração executados pelo próprio dpkg). Esta opção precisa de três parâmetros:​ um número de versão, um operador de comparação e um segundo número de versão. Os operadores são lt (menor que "lower than"​),​ le (menor ou igual "less than or equal to"), eq (igual "​equal"​),​ ne (diferente "not equal"​),​ ge (maior ou igual "​greater than or equal to") e gt (maior que "​strictly greater than"​). Se a comparação der correta, o dpkg retorna 0 (sucesso); senão, retorna um valor não-zero (indicando falha).
 +
 +<​code>​
 +$ dpkg --compare-versions 1.2-3 gt 1.1-4
 +$ echo $?
 +0
 +$ dpkg --compare-versions 1.2-3 lt 1.1-4
 +$ echo $?
 +1
 +$ dpkg --compare-versions 2.6.0pre3-1 lt 2.6.0-1
 +$ echo $?
 +1
 +</​code>​
 +
 +Observe a falha inesperada da última comparação:​ para o dpkg, pre normalmente significa uma pre-release ("​pré-lançamento"​) e não tem um significado especial, e este programa compara as letras da mesma forma que os números (a <b < c ...), em ordem alfabética. É por isto que ele considera “0pre3” como sendo maior que “0”. Quando nós queremos um número de versão de pacote para indicar que é um pré-lançamento,​ usamos o til, “~”:
 +
 +<​code>​
 +$ dpkg --compare-versions 2.6.0~pre3-1 lt 2.6.0-1
 +$ echo $?
 +0
 </​code>​ </​code>​
  
  
  
infra-estrutura/linux/gerenciamento_pacotes_dpkg.txt · Última modificação: 2019/04/16 22:13 por ricardobarbosams